Novidades

Início > Novidades > Recaptulando: Processo TIG

Recaptulando: Processo TIG

  • Minas Gerais mg Extrema ver
  • Minas Gerais mg Poços de Caldas ver
  • Minas Gerais mg Pouso Alegre ver
  • São Paulo sp Atibaia ver
  • São Paulo sp Campinas ver
  • São Paulo sp Itatiba ver
  • São Paulo sp Jundiai ver
  • São Paulo sp Limeira ver
  • São Paulo sp Mogi Guaçu ver
  • São Paulo sp Paulinia ver
  • São Paulo sp Piracicaba ver
  • São Paulo sp São Paulo ver
  • São Paulo sp Sorocaba ver
Nós já falamos mais sobre a soldagem TIG em um artigo anterior (clique aqui para ler).
Neste artigo vamos fazer um resumo sobre o processo de solda TIG e suas aplicações, já que é um dos mais importantes e utilizados atualmente.

O que é o processo de TIG

O processo TIG também é um processo de soldagem através de Arco Elétrico, que vem de uma sigla em inglês proveniente do Tungstênio, pois o eletrodo é feito com ele, e Gases Inertes que são utilizados na proteção da poça de fusão.
 
Basicamente, o princípio é o mesmo dos outros processos de soldagem a arco elétrico, onde a alta temperatura e o choque dos elétrons livres com átomos e moléculas ioniza o espaço entre o metal de base e o eletrodo, gerando calor e causando a fusão dos materiais.
 
As grandes diferenças entre o processo TIG e os outros processos a arco elétrico é que a proteção da soldagem é extremamente importante e também o eletrodo não consumível. O processo também não necessariamente utiliza um metal de adição, mas ele pode ser utilizado, dependendo do tipo de trabalho.
 
No TIG, o eletrodo é de tungstênio e quando se aproxima do metal de base a ser soldado, o arco elétrico se abre através da descarga de alta frequência, causando o cordão de solda e protegendo a poça de fusão da contaminação de elementos da atmosfera através do uso de um gás inerte, que pode ser o hélio ou argônio ou uma mistura dos dois.
 
O mesmo bocal que envolve o eletrodo se encarrega de criar uma nuvem de gás que protege a poça de fusão.  

Aplicações do processo TIG

O resultado da solda do processo TIG é de altíssima qualidade, e por isto, esse processo é considerado especial e é utilizado em equipamentos importantes como satélites. Porém, também é utilizado em metais usados no dia a dia, como em bicicletas.
 
Este tipo de processo é normalmente utilizado em metais de baixa espessura, ou seja, metais mais finos, e por causa da proteção que o gás, que pode ser argônio, hélio ou os dois juntos, é extremamente eficiente, pois uma cortina de proteção é formada em volta do cordão de solda.
 
A escolha do gás depende do metal a ser soldado, e por serem gases inertes, não reagem com os elementos da poça de fusão e evitam que impurezas sejam depositadas no cordão.
 
 

Equipamentos para processo TIG

O equipamento utilizado no processo TIG possui uma tocha de soldagem, que dá suporte para o eletrodo de tungstênio.
 
Além disso, ele possui um bocal que pode ser de cerâmica ou metal, fica em volta do eletrodo e auxilia a direcionar o gás que protege a soldagem.
 
A tocha deve ser sempre refrigerada, e o resto do equipamento é muito similar aos outros equipamentos utilizados nos outros tipos de soldagem a arco elétrico.
 
O metal de adição só é utilizado quando a peça a ser soldada possui uma espessura um pouco maior. Se for uma peça fina de até 1,5mm, normalmente não é necessário utilizar o metal de adição. As peças a serem soldadas também devem ser sempre limpas e preparadas antes de o processo ser executado.
 

Vantagens do processo TIG

Além da ótima qualidade da solda e eficácia, este processo gera poucos fumos, o que permite que o soldador enxergue perfeitamente durante o processo.
 
O eletrodo de tungstênio também é outra vantagem, já que não se consome durante a soldagem e consegue conduzir a corrente elétrica perfeitamente mesmo que ela seja contínua.
 
 

Desvantagens do processo TIG

Mesmo com todos os cuidados, os problemas podem ocorrer mesmo para os soldadores mais experientes.
 
Alguns exemplos são: inclusão de tungstênio, consumo excessivo de eletrodo, porosidade de cordão de solda, cordão sujo, cordão muito largo e arco errático.
 
A Aventa possui equipamentos TIG para venda e locação. Clique aqui e aqui para mais informações.