Novidades

Início > Novidades > Qual processo utilizar para soldagem de alumínio

Qual processo utilizar para soldagem de alumínio

  • Minas Gerais mg Extrema ver
  • Minas Gerais mg Poços de Caldas ver
  • Minas Gerais mg Pouso Alegre ver
  • São Paulo sp Atibaia ver
  • São Paulo sp Campinas ver
  • São Paulo sp Itatiba ver
  • São Paulo sp Jundiai ver
  • São Paulo sp Limeira ver
  • São Paulo sp Mogi Guaçu ver
  • São Paulo sp Paulinia ver
  • São Paulo sp Piracicaba ver
  • São Paulo sp São Paulo ver
  • São Paulo sp Sorocaba ver

Cada metal possui um ponto de soldagem diferente.

Com o alumínio não poderia ser diferente e, nesse caso, o ponto de fusão é mais baixo e ele possui uma condutividade mais alta do que o aço.

Esses detalhes podem, especialmente em folhas mais finas, resultar em covas na solda. Por isso costuma-se dizer que as ligas de alumínio são um desafio maior que as ligas de aço, mais comumente utilizadas. Isso acontece pois, além da condutividade mais alta e ponto de fusão baixo, o arame alimentador de alumínio é mais mole que os de aço e assim pode enroscar e embolar no alimentador, forçando uma parada no processo de soldagem. Veja os principais métodos utilizados para a solda de alumínio, seus prós e contras e decida qual é o melhor para a aplicação que precisa.

Soldagem de alumínio com solda TIG

A soldagem TIG é o principal método usado para a solda de alumínio. Uma vez que a peça de trabalho em alumínio exige uma grande quantidade de calor para atingir a temperatura correta, mas, pode ao mesmo tempo manter o calor por muito tempo, uma máquina de solda com controle de corrente é útil para evitar superaquecimento na peça de trabalho de alumínio, causando burnthrough, que são as covas na solda.

A vantagem da solda TIG é que ela pode ser aplicada tanto em uma chapa fina como em uma placa mais espessa de alumínio. requer atenção entretanto do soldador pois requer uma haste de material de enchimento separada,  fazendo com que o soldador escolha uma haste de soldagem com uma liga o mais próxima possível de suas peças de trabalho.

Soldagem de alumínio com solda MIG

Outra opção para soldar alumínio é através da solda MIG. Ela é melhor para soldas de bitolas mais finas de folhas de alumínio, pois necessitam de uma maior quantidade de calor. É importante ter em mente que, ao escolher um gás de proteção, o 100% argônio é a melhor opção. O soldador deve também escolher um fio de solda (ou haste) que possua uma liga o mais semelhante à das peças de trabalho possível para que se tenha uma solda de qualidade.

Cabe dizer também que, na hora de escolher um método de solda (e qual máquina utilizar), a soldagem de pulso requer uma fonte de alimentação do inversor, enquanto que nas máquinas de corrente contínua, pode ser usada a solda por arco de pulverização.

Atenção redobrada na limpeza de peças de trabalho 

Seja qual tipo de método de solda escolhido, é importante ter em mente que as peças de trabalho devem ser extremamente limpas antes do início do processo. Isso já deve ser uma prática comum em qualquer solda, é verdade, mas no alumínio, devido ao óxido de alumínio possuir um ponto de fusão muito mais elevado do que a base de alumínio, qualquer óxido que permaneça na superfície da peça de trabalho pode resultar em inclusões de óxidos, o que reduz tanto a força como a aparência geral da solda. As peças podem ser limpas mecanicamente com uma escova de arame, ou ainda através de processo químico.

Caso ainda tenha dúvidas sobre qual o melhor processo de soldagem de alumínio para o seu projeto, entre em contato com a Aventa que nós te ajudamos.